Este sítio utiliza cookies

Estes cookies são essenciais quer para melhorar as funcionalidades quer para melhorar a experiência de utilização do sítio ALEA.

Índice | III. Probabilidade | V. Exercícios

IV. Modelos de Probabilidade discretos e contínuos

Parte 62 de 78

Modelos de probabilidade discretos

Para cada uma das situações anteriores, a variável aleatória X, que representa o número de ocorrências, na unidade de tempo, pode ser bem modelada por um modelo de Poisson. Isto significa que a probabilidade atribuída a cada elemento k do suporte, constituído pelo conjunto {0, 1, 2, 3, ...} é dada pela função:


Neste modelo, o parâmetro tem um significado especial, pois é o valor médio da variável aleatória X. Este modelo tem ainda a característica interessante, de o valor médio coincidir com a variância, sendo esta também igual a .

As probabilidades anteriores podem ser obtidas a partir de tabelas, com diferentes valores do parâmetro , ou computacionalmente, por exemplo, através de uma folha de Excel, que tem disponível a função Poisson, com argumentos convenientes.

 
Exemplo - O Manuel recebe, em média, 3 mensagens, por dia. Calcule a probabilidade de num dia, escolhido ao acaso, receber 6 ou mais chamadas. (resolução na pág. seguinte)